Meu perfil
BRASIL, Sudeste, ITAPECERICA DA SERRA, JARDIM ANALANDIA, Homem, de 20 a 25 anos, Portuguese, Informática e Internet, Livros


Histórico:

- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004



Outros sites:

- André Logan
- Caldeirão do Mago
- Coveiro
- Criaturas
- Danny
- Deby
- Detetive Virtual
- Discípulo do Johnny Bravo
- Do
- Elke
- Flavia
- Gaúcho
- Gladiatus
- Hana
- Happy Sá
- Ilustrado
- Hattrick
- Ivan
- Jackie
- João Rafael
- Jornal Blogacional
- KnightFight
- Krizz
- Labellaluna
- Litinha
- Magui
- Maria
- Melqui
- Meu uolkut
- MonsterGame
- Nayla
- Nathi
- Nos bares da vida
- Patty
- Rafael e Francezinha
-
- Rosana
- She
- Smareis
- Tech Warrior
- Travian
- Vi Loirão


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Layout Por





 Para quem ainda ñ me conhece aqui vai uma foto minha, sei que sou muito sexy aponto das mulheres quererem me agarar e os homens morrerem de inveja mas tentem se conter. Afinal eu sou feio, ñ eu sou bem feio, quer dizer eu sou muito feio mas estou na moda RSRSRSRSRS. Um abraço.

- Postado por: Rafa às 21h04
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Terapia

Tenho seis balas em meu tambor
E uma delas é tua, meu amor
São seis balas, seis apenas
Para acalmar minha dor pequena

A Primeira eu sei como usar
E sei muito bem a quem presentear
Aos homens sem palavra, tão eloqüêntes
Que passam a vida parasitando tanta gente
Aos que pensam que importante é o metal
Envenenando tanto e causando tanto mal
Um tiro cego, porém decidido
Um tiro, eu sei, fará sentido

Tenho cinco balas em meu tambor
E uma delas é tua, meu amor
São cinco balas, cinco apenas
A cortina abre e logo se encena

Destilo meu veneno já sem muita pressa
Apresento a minha raiva e a Segunda se endereça
Ao poder sujo de cartas marcadas
Que envolve os humildes, humilhando os menores
Triturando, matando, favorecendo os piores
Um tiro seco, já faço minha mira
Um tiro forte que carrega toda minha ira

Tenho quatro balas em meu tambor
E uma delas é tua, meu amor
São quatro balas, quatro apenas
A noite cai e em breve será plena

Da minha janela vejo um mundo de aparências
Aperto o gatilho e a Terceira grita com demência
Pessoas burras esvaziam seus bolsos, e o que mais?
Queimam tantos livros enquanto compram seus cristais
Falando tanto, arrotando ignorância
Esbanjando suas posses, esbanjando petulância
Um tiro sim, não há mais tempo a perder
São tão superficiais, ninguém vai perceber

Tenho três balas em meu tambor
E uma delas é tua, meu amor
São três balas, três apenas
A morte vem e de longe lhes acena

A agulha trabalha bem e ainda não descansa
A Quarta vem feroz e nada a amansa
Charlatões aos montes explorando gente honesta
Tirando-lhes o dinheiro, o que nada mais lhe resta
Mentindo e assaltando em nome de um deus feroz
Prometendo o Céu, a Terra ou um inferno atroz
Um tiro brusco, que cause confusão
Um tiro longo, a libertação

Tenho duas balas em meu tambor
E uma delas é tua, meu amor
São duas balas, duas apenas
Será mesmo a espada mais frágil que a pena?

Tento relaxar, ligo minha TV
Mas o que lá está é difícil de esquecer
Lavagem cerebral, é como chamo tudo isso
Lixo cultural, se ê que posso chamar lixo
Superficialidade barata, alienação, ignorância
Estoura-se a cápsula, a Quinta se liberta
Uma platéia contratada assiste boquiaberta

A última ficou para cumprir minha promessa
Minha jura já vem vindo, não é preciso pressa
Será uma dádiva, um presente sublime
Uma prova de amor e não de crime

Te acordarei ao amanhecer, te trarei o jornal
Verás como tudo continua igual
Alisarei teus cabelos, palavras de amor
Nos meus versos profanos, meus dias de dor
Chegarei ao teu prédio, subirei as escadas
E darei, emfim, minha última cartada.

Nesse mundo louco
Para curar minha dor
Não fui ao analista
Esvaziei o meu tambor.

Luiz Fernando Petry Filho



- Postado por: Rafa às 20h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




O Humor Brasileiro perde um de seus mestres

Comediante Ronald Golias morre aos 76 anos em São Paulo


 


O comediante Ronald Golias, 76, morreu por volta das 5h30 desta terça-feira, por insuficiência de múltiplos órgãos, em São Paulo. Ele estava internado desde o último dia 8 no Hospital São Luiz, no bairro do Morumbi (zona oeste). O velório ocorre à tarde na Assembléia Legislativa.

O comediante Ronald Golias

Golias apresentava infecção generalizada proveniente de infecção pulmonar.

Em maio do ano passado, o humorista foi submetido a uma cirurgia no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para a retirada de um coágulo no cérebro, após sofrer uma queda. Pouco antes, havia passado por outra cirurgia para implantar um marcapasso.

O ator ficou famoso na década de 1960 como o personagem Bronco da "Família Trapo", sucesso da TV Record. Golias participava do programa "Meu Cunhado", ao lado de Moacyr Franco, e da "A Praça é Nossa", ambos no SBT. Foi ele quem apelidou Silvio Santos, ainda em começo de carreira como animador, de peru. Manoel de Nóbrega passou então a anunciá-lo como "O Peru que Fala".

Nascido em São Carlos, interior de São Paulo, Golias começou sua carreira artística em shows aquáticos antes de atuar em programas de calouros no rádio. O ator despontou na TV ao lado de Manuel de Nóbrega na antiga "A Praça da Alegria".

Saiba mais

  • Saiba mais sobre o comediante Ronald Golias
  • Carlos Alberto de Nóbrega e SBT lamentam morte de Golias
  • Tom Cavalcante diz que Golias foi marco no humor nacional
  • Veja galeria de fotos do humorista Ronald Golias
  • Leia o que já foi publicado sobre Ronald Golias


  • - Postado por: Rafa às 19h36
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________




    UMA HISTÓRIA DE AMOR!!!
     
    Ele quase não viu a senhora, com o carro parado no acostamento.
    Chovia forte e já era noite. Mas percebeu que ela precisava de ajuda.
    Assim parou seu carro e se aproximou.
    O carro dela cheirava a tinta, de tão novinho.
    Mesmo com O sorriso que ele estampava na face, ela ficou preocupada.
    Ninguém tinha parado para ajudar durante a última hora.
    Ele iria aprontar alguma?
    Ele não parecia seguro, parecia pobre e faminto.
    Ele pode ver que ela estava com muito medo e disse:
    - Eu estou aqui para ajudar madame, não se preocupe.
      Por que não espera no carro onde está quentinho?
      A propósito, meu nome é Renato.
    Bem, tudo que ela tinha era um pneu furado, mas para uma senhora de idade
    avançada era ruim o bastante.
    Renato abaixou-se, colocou o macaco e levantou o carro.
    Logo ele já estava trocando o pneu. Mas ficou um tanto sujo e ainda feriu uma das mãos.
    Enquanto apertava as porcas da roda ela abriu a  janela e começou a conversar com ele.
    Contou que era de São Paulo e que só estava de passagem por ali e que
    não sabia como agradecer pela preciosa ajuda.
    Renato apenas sorriu enquanto se levantava.
    Ela perguntou quanto devia. Qualquer quantia teria sido muito pouco para ela.
    Já tinha imaginado todos as terríveis coisas que poderiam ter acontecido se Renato
    não tivesse parado e ajudado.
    Renato não pensava em dinheiro, aquilo não era um trabalho para ele. Gostava de ajudar
    quando alguém tinha necessidade e Deus já lhe havia ajudado bastante.
    Este era seu modo de viver e nunca lhe ocorreu agir de outro modo.
    E respondeu:
    - Se realmente quiser me pagar, da próxima  vez que encontrar alguém que precise de ajuda,
    dê para aquela pessoa a  ajuda de que ela precisar.
    E acrescentou: ... e lembre-se de mim.
    Esperou até que ela saísse com o carro e também se foi.
    Tinha sido um dia frio e deprimente, mas ele se sentia bem, indo para casa,desaparecendo no crepúsculo.
    Alguns quilômetros abaixo a senhora parou seu carro  num pequeno restaurante.
    Entrou para comer alguma coisa. Era um  restaurante muito simples, e tudo ali era estranho para ela.
    A garçonete veio até ela e trouxe-lhe uma toalha  limpa para que pudesse esfregar e secar
    o cabelo molhado e lhe  dirigiu um doce sorriso, um sorriso que mesmo os pés doendo por um dia inteiro de
    trabalho não pode apagar.
    A senhora notou que a garçonete estava com quase oito meses de gravidez, mas ela não deixou a tensão e as dores
    mudarem a sua atitude.  A senhora ficou curiosa em saber como alguém
    que tinha tão pouco, podia  tratar tão bem a um estranho. Então se
    lembrou de Renato.  Depois que terminou a sua refeição, e enquanto a
    garçonete buscava troco  para a nota de cem reais, a senhora se
    retirou.  Já tinha partido quando a garçonete voltou.  A garçonete
    ainda queria saber onde a senhora poderia ter ido quando notou  algo
    escrito no guardanapo, sob o qual tinha mais 4 notas de R$ 100. 
    Existiam lágrimas em seus olhos quando leu o que a senhora escreveu.
    Dizia:  Você não me deve nada, eu já tenho o bastante.  Alguém me
    ajudou hoje e da mesma forma estou lhe ajudando. Se você  realmente
    quiser me reembolsar por este dinheiro, não deixe este círculo de  amor
    terminar com você, ajude alguém.  Bem, havia mesas para limpar,
    açucareiros para encher, e pessoas para  servir, e a garçonete voltou
    ao trabalho.  Aquela noite, quando foi para casa cansada e deitou- se
    na cama, seu marido  já estava dormindo e ela ficou pensando no
    dinheiro e no que a senhora  deixou escrito.   Como pôde aquela
    senhora saber o quanto ela e o marido  precisavam disto?  Com o bebê
    que estava para nascer no próximo mês,  como estava difícil!  Ficou
    pensando na bênção que havia recebido, deu um grande sorriso, 
    agradeceu a Deus e virou-se para o preocupado marido que dormia ao 
    lado,deu-lhe um beijo macio e sussurrou:  Tudo ficará bem; eu te amo
    Renato !  


    - Postado por: Rafa às 20h09
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________




    A esperânça renasce !!!!!!!!!!!

    (Sabádo)

    Mais um final de semana chegou quando logo cedo minha cordenado inicia uma reunião, tudo normal fala das mesmas coisas até que diz que dois universitários teriam que  ir em uma capacitação no dia seguinte em outra escola eu ñ estavas muito e fiquei quieto mas vendo que ninguem queria ir, eu disse que iria, então foi decidido que eu iria com o outro universitário aquele meu amigo tapado do caso do dia 28.

    (Domingo)

    Chegamos cedo e ficamos de bobeira, pra lá e pra cá, até dá o horário de início, meu amigo começou a me perguntar será que a sua garota vem eu espero que a minha venha dizia ele, eu disse que ñ estava com muitas esperânças e que era´pra ele tb ñ ficar pois as escolas das duas eram longe e dificilmente elas viriam, as 9:30 + ou - começamos as atividades com uma especie de tai chi, então já comecei a imaginar que aquele dia seria muito chato, pois ñ curto essas coisas de natureba pois comenei a pensar que seria algo do tipo, e eu nem podia fingir que estava fazendo pois estava bem na frente da professora então com o tempo comecei a entrar no clima e gostei, terminando percebi que ñ teria nada a ver com exercicios fisicos ou coisa naturebas, eram várias palestras durante o dia com algumas dinâmicas, então fomos tomar café, chegando na sala, ela já estava cheia, e comecei a andar para uma das mesas pois ñ ia comer nada pois já tinha tomado café em, casa quando na mesa ao lado da que eu ia sentar eu deparo com a vanessa me olhando no momento meu coração gelou e eu travei como da outra vez só que desta vez eu consegui dar bom dia e pergunta como ela estava meu amigo que vinha logo atrás de mim tb a viu e começou a rir, então eu dou as costas pra ela e sento na mesa ao lado da dela. meu amigo olha pra mim e fala vai sentar com ela, oque vc está fazendo aqui ela esta olhando pra vc eu digo fica quieto eu travei e ñ sei oque fazer, ele fala é só vc ir sentar com ela, mas eu ñ conseguia sair do lugar ele então diz se vc ñ for lá eu vou chamar ela pra cá. Eu disse que ñ e sai da mesa me encaminhando, para onde estava servindo café, e fico meio que de lado pra ela e olha e vejo que ela está me olhando e da um sorriso pra mim, dou um sorriso bobo, e pego um pão, e começo a comer o pão puro e seco, ai percebo que ela ainda está olhando pra mim e crio coragem de ir falar com ela, mas quando eu chego ela está saindo em direção a uma das mesas que esta servindo café, dizendo que vai comer um pão, ninguem vai acreditar no que eu fiz, eu ofereci o meu pão já mordido, pra ela ela da uma risada e sai eu volto e sento na minha mesa, meu amigo tb volta e diz vai logo sentar com ela é claro que eu eu ñ contei a história do pão pra ele, mas disse que ñ iria ñ nisso ele já tinha contado pra um outro amigo meu sobre a Vanessa e meu outro amigo ficou de longe dando risada, eu só seu  que demorei quase 10 minutos pra comer o bendito pão. Saindo de lá iriamos pra uma sala onde iria ter as palestras, mas ao entrar já tinha um pessoal que eu conheço e me chama pra sentar com eles, eu ñ querendo ser indelicado aceito e vou sentar, mas logo em seguida ela entra e senta em uma mesa logo a frente da minha, meu amigo chega e fala vai la sentar com ela mas já tinha um pessoal lá e eu ñ quis ir (normalmente eu ñ sou assim tão covarde, eu era assim algum tempo atrás serca de um ano e meio atrás) mas faltou coragem de ir lá e dizer tudo que estava sentindo, nisso chega os responsáveis pela palestra e começou a explicar oque seria tratado nessas palestras, então pediu para que todos se apresentasem, um por um dizendo o nome o curso que faz e a escola que trabalha, todos se apresentaram normal até chegar nela quando ela terminou de se apresentar um rapaz que estava na minha mesa murmurou baixinho agora da o seu telefone e olhou pra mim e deu uma risada eu ñ no começo pensei que ele disse aquilo em proveito proprio, mas vendo ele olhando pra mim e rindo percebi que ele já estava sabendo das minhas intenções, começou as palestras , eu ñ prestei muita atenção, até que veio uma dinâmica, que fizemos, e após terminada as organizadoras, pediram para que as pessoas dos gupos se levantassem e fossem sentar com pessoas de outros grupos, essa a minha chance meu amigo já olhou pra mim e disse agora vai lá e senta na mesa dela eu fui e sentei pensando que ela fosse ficar mas ela se levantou e foi sentar em outra teve mais uma dinâmica e chegou a hora do almoço, fui em direção ao banheiro quando ela me pergunta se eu conhecia a escola pois queria saber onde ficava o banheiro, eu indiquei a direção e fui embora, quando sai do banheiro ela estava me esperando do lado de fora, então fomos juntos almoçar, só que após ter colocado a comida eu estava indo em direção a mesa dela quando o mesmo rapaz me chama denovo pra sentar com ele eu novamente vou e sento (que idiota) mas quando ela vê que eu sentei fica me olhando e a amiga dela diz vc vai abandonar a gente é ? eu me levanto e vou sentar com elas o rapaz fica olhando e eu chamo ele pra sentar com a gente, conversamos alguma coisa que eu ñ lembro pois só ficava olhando pra ela, após o almoço resolvemos dar uma volta ela, a amiga dela e eu.

    Continua...



    - Postado por: Rafa às 15h30
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________




    Andamos um pouco até que chega um pessoal conhecido e começa a conversar com a gente, voltamos para a segunda parte da palestra, e eu novamente vou sentar com o pessoal que eu estava no começo mas com a desculpa de que a janela ñ estava querendo fechar e que estava frio eu vou e sento na mesa dela, logo começa a palestra e ficamos calados prestando atenção, eu toda hora olhando pra ela e ela muito concentrada na palestra logo vem mais uma dinâmica, e já está quase acabando quando resolvo tentar algo, ñ sei como surgiu a conversa, mas sei que estavamos discutindo de o porque eu tinha escolhido ir nessa capacitação eu disse que era quase que uma porta voz da minha escola e disse que tambem era pela esperânça de encontrar a Vanessa, todos me olharam com um ar de espanto e e eu pensei agora já era, mas ela nem percebeu oque eu disse pois estava prestando atenção no que fazia pois ela estava terminando a nossa dinâmica, fiquei mei desconsertado mas ñ demonstrei, logo havia terminado a palestra e estavamos indo embora, quando estava conversando com ela e uma amigo passa pro tras dela e diz é isso ai Johnny Bravo, ela sem entender pergunta oque foi que ele disse eu falaei nada é que eu criei uma comunidade no orkut que se chama Discípulos do Johnny Bravo, ela então me pedi pra adicionar ela e me da o seu e-mail, eu mai que depressa anoto, e meu amigo me pergunta se eu tinha pego o telefone dela eu digo que ñ mas que tinha pego o e-mail ele então diz tudo bem eu vou pedir então, e sai logo eu vejo ele conversando com ela e meio que olhando pra mim, escuto ela falar eu dei meu e-mail pro Rafa, ele então fala algo e ela da o telefone, pra ele que todo orgulhoso do que fez fica rindo, logo ela se despede e vai embora eu impaciênte tb quero ir pra acompanhar ela mas meu amigo fica de morando conversando com outras pessoas, até que resolve ir tb, quando chego no ponto ela ainda estava lá então combinamos que se tiver alguma festividade em uma das escolas vamos chamar o outro pra participar, vem a lotação dela e ela vai embora, e junto minha alegria, meu amigo então olha pra mim e eu digo mer dá logo esse telefone. Ele diz se vc ñ ligar vc vai ver eu então olho pra ele e só dou uma risada.

    (Segunda-Feira)

    Meu dia foi totalmente dedicado a pensar nela, a noite mando um cartão virtual dizendo tudo que sinto por ela, e começo a escrever esse post, ñ sei qual vai ser a reação dela quando ler, mas estou apreensivo, e nervoso mas tb acho que fiz a coisa certa, hoje é terça feira, agora são 16:28 e ainda ñ obtive uma resposta ela ainda ñ leu o cartão, Será que devo ter realmente esperânças ?



    - Postado por: Rafa às 15h29
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________




    Diário de um Amigo....


    Esta noite tive um pesadelo. Um pesadelo terrível.
    No pesadelo, me levanto da cama e me olho no espelho e
    descubro que sou vesgo.
    Procuro frenéticamente nos bolsos, para ver minha foto na identidade, para ver se na foto sou realmente daquele jeito,
    e acho um passaporte, e descubro... que sou argentino.
    Não pode ser, meu Deus, e me sento inconsolável em uma cadeira. Mas que porra!!!
    É uma cadeira de rodas, o que significa que além de ser
    vesgo e argentino sou também deficiente físico!
    É impossível, digo para mim mesmo, que eu seja
    vesgo, argentino e deficiente físico...
    "Pois é verdade!", grita uma voz atrás de mim. É o meu
    namorado. Cacete!
    Sou também viado.
    "Foi você que pegou a minha seringa?" Ó Deus! Vesgo,
    argentino, deficiente físico, viado, viciado e soropositivo!
    Desesperado começo a gritar, a chorar, a arrancar! os
    cabelos e...não!!!!!
    Sou careca!
    Toca o telefone. É meu irmão: "desde quando mamãe e papai
    morreram você só faz se entupir de drogas, vagabundeando o
    dia inteiro! Procura um emprego, arranja algum trabalho!
    "Que merda, descubro que também sou desempregado!!! Tento
    explicar ao meu irmão que é difícil encontrar trabalho quando
    se é vesgo, argentino, deficiente físico, viado, viciado, soropositivo, careca e órfão, mas não consigo, porque......
    Porque sou gago!!!!
    Transtornado, desligo o telefone, com a única mão que tenho,
    e, com lágrimas nos olhos, vou até a janela olhar a paisagem.
    Milhões de barracos ao meu redor. Sinto uma punhalada no
    marca-passo: além de vesgo, argentino, deficiente físico,
    viado, viciado, soropositivo, careca, órfão, gago, maneta e cardíaco, sou também favelado. Nesse momento volta o meu
    namorado e diz:"Amor, o corinthians Perdeu de novo..." NÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
    !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!corintiano!!!!!!!!!
    NÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

     



    - Postado por: Rafa às 21h20
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________




    Agora pra melhorar um pouco o astral vou deixar esse texto que é muito legal.

    O LAMENTO DE UM CAIPIRA!...


    Vô contá como é triste, vê a veíce chegá,
    Vê os cabêlo caíno, vê as vista encurtá.
    Vê as perna trumbicano, com priguiça de andá.
    Vê "aquilo" esmoreceno, sem força prá levantá.
    As carne vão sumino, vai parecêno as vêia.
    As vista diminuíno e cresceno a sombrancêia.
    As oiça vão encurtano, vão aumentano as orêia.
    Os ôvo dipindurano e diminuíno a pêia.
    A veíce é uma doença que dá em todo cristão:
    dói os braço, dói as perna, dói os dedo, dói a mão.
    Dói o figo e a barriga, dói o rim, dói o pulmão.
    Dói o fim do espinhaço, dói a corda do cunhão.
    Quando a gente fica véio, tudo no mundo acontece:
    vai passano pelas rua e as menina se oferece.
    A gente óia tudo, benza Deus e agradece,
    correno ligeiro prá casa, procurano o INSS.
    No tempo que eu era moço, o sol prá mim briava
    Eu tinha mil namorada, tudo de bão me sobrava.
    As menina mais bonita, da cidade eu bolinava.
    Eu fazia todo dia, chega o bichim desbotava.
    Mas tudo isso passô, faz tempo ficô prá tráis
    as coisa que eu fazia, hoje num sô capaiz.
    O tempo me robô tudo, de uma maneira sagaiz.
    Prá falá mesmo a verdade, nem trepá eu trepo mais.
    Quando chega os setenta, tudo no mundo embaraça.
    Pega a muié, vai pra cama, aparpa, beija e abraça,
    porém só faz duas coisa: sorta peido e acha graça.



    - Postado por: Rafa às 18h19
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________




     Quando tudo está confuso.

    Ñ estou com muita vontade de postar, pois ainda estou pensando na Vanessa, aquela garota que conheci algumas semanas atrás e que postei falando dela no dia 23 de agosto hoje eu reli o meu post desse dia e fiquei meio chateado pois é impressionante como as coisas pra mim sempre tem que ser na base do sacrifício, depois daquele dia eu fiquei na esperânça de encontrar com ela no domingo seguinte pois teve uma reunião com todas as escolas denovo para um evento da eletropaulo, então eu na esperânça que ela fosse me candidatei a ir pois inicialmente iria ir apenas uma de cada escola, mas no último momento forma todos, mas ela ñ deu nem sinal de vida pois a escola dela ñ foi e nem a outra garota foi pois da escola dela só foi uma garota representando todos. Então ñ tendo outra solução tive que esperar até o dia 7 de setembro quando teria o desfile das escola mas como eu disse no outro post era opcional e eu ñ sabia se ela ia. Chegando lá desfilei debaixo de chuva e nem sinal dela, meu dia foi totalmente perdido, e eu continuo pensando nela eu cheguei a pensar que esse sentimento tinha passado mas agora quando eu reli o meu post voltou tudo e eu ñ sei oque fazer, pois acho que o senhor destino resolveu brincar comigo, ou o cupído me acertou por engano. Mas vou continuar com a minha vida e seguir o conselho de uma amiga que me disse que se for pra acontecer nó vamos nos encontrar denovo. Mas como eu disse no começo tudo comigo é na base do sacrifício então eu já devia estar acostumado, dizem que quanto mais difícil melhor a graça, mas será que precisava ter tanta graça assim.



    - Postado por: Rafa às 18h13
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________






    - Postado por: Rafa às 17h48
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________






    - Postado por: Rafa às 21h07
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________




    Lição de Vida

    Era uma vez uma indústria de calçados aqui no Brasil que

    desenvolveu um projeto de exportação de sapatos para a Índia. Em

    seguida, mandou dois de seus consultores a pontos diferentes do país
    para fazer as primeiras observações do potencial daquele
    futuro mercado.
    Depois de alguns dias de pesquisa, um dos consultores enviou o
    seguinte fax para a direção da empresa:
    - Chefe: Cancele a produção: Aqui ninguém usa sapatos."
    Sem saber desse fax, o segundo consultor mandou a sua resposta:
    - Chefe: Triplique a produção: Aqui ninguém usa sapatos.

    MORAL DA HISTÓRIA:

    A mesma situação representava um tremendo obstáculo para um dos
    consultores e uma fantástica oportunidade para outro.
    Da mesma forma, tudo na vida pode ser visto com enfoques e maneiras
    diferentes.
    A sabedoria popular traduz essa situação na seguinte frase:
    "OS TRISTES ACHAM QUE O VENTO GEME: OS ALEGRES, ACHAM QUE ELE CANTA". O
    mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus
    próprios pensamentos.
    A maneira como você encara a vida faz TODA a diferença.
    Pense Nisso no Dia de Hoje!


    - Postado por: Rafa às 20h42
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________




    Atravessando o rio.

    Esse jogo é muito legal e eu consegui atravessar todo mundo mais ñ me pergunte como que eu ñ sei. tenta ai me diz se vc tambem consegue. O objetivo é fazer todas as pessoas atravessarem o rio. É só clicar na firura.


    - Postado por: Rafa às 21h25
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________




    A Tortura Chinesa.

    Em uma expedição na China, o sujeito se perde da sua turma e depois de ficar dias andando na floresta, encontra uma bela casa, onde vai pedir auxílio.
    - Tudo bem! - concordou o dono da casa, um chinês muito velhinho. - Você pode passar a noite aqui e quando amanhecer eu lhe emprestarei um guia que o levará até a cidade. Você vai dormir no mesmo quarto que a minha neta. E quero que você prometa que não fará nada com ela!
    - É claro que eu prometo, senhor! Muito obrigado!
    - Se quebrar a promessa, você vai ficar conhecendo as três grandes torturas chinesas.
    Contudo, naquela noite, ele não conseguiu dormir. Pela claridade da lua que se filtrava pela janela, ele ficou olhando a silhueta perfeita da moça e ficou imaginando-a nua...
    Logo se encheu de tesão e acabou comendo a garota...
    Quando o dia amanheceu, ele acordou com uma pedra enorme no seu peito, onde se lia:
    "Tortura número 1: Pedra pesada no Peito".
    Ele levantou-se e caminhou até a janela. Depois de atirá-la viu as seguintes inscrições do outro lado da pedra:
    "Tortura número 2: Testículo direito amarrado na pedra".
    Imediatamente ele pulou pela janela e pouco antes de chegar ao chão, pôde ler a seguinte inscrição:
    "Tortura número 3:Testículo esquerdo amarrado no peitoril da janela".




    - Postado por: Rafa às 21h22
    [ ] [ envie esta mensagem ]

    ______________________________________________




    *Esse layout é uma criação exclusiva de Bruno Maximus*